Quem matou Che Guevara

3 06 2009

A execução de Che Guevara fez nascer um mito – essa foi a idéia central da obra de jornalismo literário investigativo de Saulo Gomes que levou anos até ser publicado, é composto por reportagens sobre a captura até os últimos dias do guerrilheiro argentino Ernesto Che Guevara, quando capturado na selva boliviana, região de La Higera. O considerado Co-autor do livro, o general do exército boliviano Gary Prado Salmón, respondeu a todas as perguntas do jornalista Saulo Gomes e foi essencial na busca da verdade dos fatos, esclarecendo o que foi escondido e revelando algumas informações de documentos sigilosos do exército boliviano.

O livro Quem matou Che Guevara- O seu delator estava no Brasil, aborda assuntos chaves dos últimos momentos até a captura de Che, incluindo as falhas cometidas pelos guerrilheiros ao tentar levar o comunismo até a Bolívia. Che Guevara nasceu em Rosário, na Argentina, e mesmo que tenha passado maior parte da vida em Cuba, ainda era considerado estrangeiro na guerrilha a favor do Comunismo. Nas entrelinhas das perguntas de Saulo, o general descrevia como era as condições em que eles viviam na selva e como alguns soldados e guerrilheiros eram mortos.

Fatos que são levados em consideração no contexto da guerrilha foram quando Saulo questionou Gary sobre o que levou a descoberta do paradeiro de Che. Além de ter sido delatado, os guerrilheiros faziam contato e confiavam na maioria dos camponeses que encontravam pelo caminho em busca de comida. Nesse contato com os camponeses, o exército ficava muitas vezes sabendo de seus passos. Outro ponto principal e inédito a respeito da morte de Che, foi sobre sua delação para o governo da Bolívia.

Juan Alex Aldunati, boliviano e um dos homens de Che, estava estudando Direito em São Paulo. Juan teria furtado ferramentas e a vítima o denunciou. Após um interrogatório, Juan disse que não tinha roubado, e sim, expropriado. O termo na época, bastante conhecido pelas ações da guerrilha, fez com que o Exército brasileiro desconfiasse e desta forma, levantaram a ficha de Juan. Foi então descoberto que ele fazia parte dos homens de Che e teve que contar onde eles estavam. O Exército brasileiro fez o trabalho da delação do paradeiro dos guerrilheiros, que estavam na região de La Higuera, facilitando a captura de Che.

De acordo com o que foi divulgado para a mídia logo após de anunciar a morte do guerrilheiro, que foi mentido e dito que Che Guevara morreu em combate, logo foi descoberto quando o médico e jornalista Reginaldo Arze foi fotografar e fazer uma matéria junto aos demais jornalistas. Ele apontou o corpo e mostrou a marca da bala no peito, na altura do coração. Como era médico, pôde sentir que o corpo do guerrilheiro estava morno, resultado de uma morte há poucas horas, e não quando o exército informou, que foi no dia anterior. A partir daí, a Bolívia não conseguiu esconder que assassinaram Che Guevara covardemente, no dia 09 de Outubro de 1967, na escola de Camiri às 13 horas.

Os dias da guerrilha também foram postos em destaque em trechos do diário do Che, atualmente já divulgado, mas que o general Salmón teve a oportunidade de ver de perto e relatos dos dias que anteciparam sua morte na selva boliviana, onde encontrou o fim de sua militância política.

Relatando esse importante fato na história da América Latina, da tentativa da levada do Comunismo e na inspiração de diferentes idéias socialistas, ajudou a sociedade entender o porquê do mito Che Guevara e sua influência em ideais que permanecem até hoje no contexto social.

Por: Daniele Rodrigues

About these ads

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: